Semana 41 de gravidez

Semana 41 de gravidez
Ellen Cristie
Ellen Cristie21, Outubro - 2020

Talvez você tenha estourado a provável data do parto. Não faz mal. Essa semana ainda faz parte da gestação, então dê tempo ao tempo. O que você deve fazer é ficar em contato direto com seu médico, que a estará observando de perto e avaliando o bebê e o líquido amniótico.

Nessa semana o único aspecto que deve sofrer alterações é o tamanho do bebê, pois ele já está todo formado, pronto para nascer. No caso de uma gravidez de baixo risco, o ideal é que você aguarde até que o bebê “queira” nascer, ou seja, que você entre em trabalho de parto, porque assim você tem um parto natural.

Se a gravidez é de alto risco, provavelmente você está sendo monitorada e o obstetra pode vir a induzir o parto, fazendo uma cesárea essa semana ainda. É que, depois de 42 semanas, a placenta começa a ficar envelhecida e pare de atender às necessidades do bebê.

Agora, o bebê pode medir até 51 centímetros e pesar, em média, pouco mais de 3,5 quilos, o que corresponde ao tamanho de uma melancia grande. Você pode entrar em trabalho de parto a qualquer momento.

Quais são os principais sintomas desse período?

Tenha atenção redobrada ao seguintes sintomas:

  • Se as contrações estão mais regulares e começam a ficar dolorosas.
  • Se houve a saída do tampão mucoso, um corrimento mais espesso e avermelhado que o habitual.
  • Se a bolsa estourou, com a saída de uma grande quantidade de água. Às vezes, ela está em processo de estouro, aí a quantidade de água é bem menor (semelhante a xixi).

Caso você não perceba nenhum desses sinais de início de trabalho de parto, caminhe por cerca de 60 minutos para estimular as contrações. Observe se o bebê está mexendo.

Enfim, cuide do seu bebê como se ele estivesse no mundo exterior. E boa sorte! Ele está chegando!

< Página anterior Próxima página >