Semana 38 de gravidez

Semana 38 de gravidez
Ellen Cristie
Ellen Cristie21, Outubro - 2020

Finalmente esta é a reta final. E, com certeza, várias dúvidas estão passando por sua cabeça. Deixe de lado um pouco suas atividades cotidianas e passe a se concentrar em você e no bebê.

Resolva os trâmites burocráticos – como sua licença-maternidade – e passe a reduzir seus afazeres. Tente dormir boas horas de sono, porque, digamos, serão suas últimas noites de descanso total.

Neste momento, o bebê mede até 48 centímetros e pesa, em média, 3 quilos, o que corresponde ao tamanho de um pé de ruibarbo. Nos próximos dias, ele continuará crescendo e ganhando peso. Seus dedos das mãos estarão agitados e ele já conseguirá segurar o cordão umbilical.

Mesmo que o espaço dentro do útero esteja cada vez menor, é possível sentir o bebê ao menos 10 vezes ao dia.

Quais são os principais sintomas desse período?

Os incômodos continuam e, na verdade, só aumentam. É o caso da falta de ar, do inchaço nas mãos, pés e pernas, na fadiga, na vontade de fazer xixi, dificuldade para dormir e aumento de peso.

Caso você sinta que o rosto e suas mãos estão excessivamente inchadas, entre em contato com seu obstetra para que o diagnóstico de pré-eclâmpsia seja descartado.

Seus seios também ficarão enormes e será possível notar vasos sanguíneos cada vez mais aparentes e a pele no entorno dos mamilos mais escura.

Conte com a ajuda dos familiares, porque neste momento, as dores pélvicas podem surgir devido ao fato de que a barriga estará mais baixa. Eles também podem ajudá-la, caso precise de alguém para levantar você da cama ou do sofá.

Procure ocupar o tempo livre lendo sobre o parto e o pós-parto ou assistem a um filme ou leia um livro. Fique mais quietinha e curta seu barrigão. Em breve, ela ficará apenas nas lembranças e nas fotos!

< Página anterior Próxima página >