Semana 36 de gravidez

Semana 36 de gravidez
Ellen Cristie
Ellen Cristie21, Outubro - 2020

Um misto de emoções pode tomar conta de você a partir dessa fase. A ansiedade para ver o rosto do bebê, a preocupação com o momento do parto e os cuidados com o pós-parto.

Nesta semana, o desenvolvimento do feto está praticamente completo, embora o bebê ainda seja considerado prematuro. Músculos e ossos estão firmes, mas os pulmões ainda estão em evolução. O rosto dele está mais redondo, a cabeça cheia de cabelos e os cílios e as sobrancelhas completos.

Agora, o bebê mede cerca de 46 centímetros e pesa, em média, 2,7 quilos, o que corresponde ao tamanho de um pé de alface grande.

Ele, provavelmente, está virado de cabeça para baixo – para o parto normal – mas ainda se alimenta por meio do cordão umbilical, já que os intestinos e o estômago ainda não funcionam.

O bebê fica a maior parte do dia dormindo, pisca normalmente e reage diante de feixes de luz. Ele já produz 600 mililitros de urina, que é liberada no líquido amniótico, escuta sons externos e reconhece a voz dos pais.

Quais são os principais sintomas desse período?

Azia, dores nas costas, formigamentos, câimbras, cansaço. São muitos os desconfortos que a grávida sente a partir dessa fase. Isso sem contar no peso do bebê e nas alterações hormonais típicas da gestação. O inchaço dos pés e das mãos se intensificam, assim como a vontade de fazer xixi.

Caso você tenha contrações de treinamento ou “falsas”, basta manter a calma. Elas geralmente são irregulares e rápidas, e podem provocar cólicas e sensação de barriga dura.

Talvez você tenha dificuldade para se locomover e sinta um desconforto nos quadris. A dica é realmente começar a reduzir as atividades e ter momentos de repouso durante o dia.

Não se esqueça de fazer exames importantes, como ultrassonografia (verifica o peso, o tamanho e a posição do bebê, além da maturidade da placenta e a quantidade de líquido amniótico), a triagem de estreptococo beta-hemolítico (verifica a presença da bactéria estreptococo do grupo B) e a cardiotocografia (avalia movimentos do feto os batimentos cardíacos). E cuide-se! Em breve seu bebê estará em seus braços!

< Página anterior Próxima página >