Como Trocar a Fralda do Seu Recém-Nascido?

Como Trocar a Fralda do Seu Recém-Nascido?
Ellen Cristie
Ellen Cristie27, Novembro - 2020

Trocar a fralda do bebê pode parecer uma tarefa relativamente simples, mas só parece. Quem já não se pegou tentando vestir aquela boneca emprestada de algum curso para “casais grávidos”? Dez para a fralda, zero para os futuros papais.

Mas não se desesperem. Algumas dicas podem ser valiosas para que vocês não passem aperto. Afinal de contas, as fraldas serão um companheiro de todas as horas até, pelo menos, nos próximos dois ou três anos. Vamos a algumas técnicas:

Antes de qualquer coisa, prepare a área

Mas o que significa preparar a área? Significa que independentemente de onde você escolher trocar a fralda do seu bebê – seja em uma cama espaçosa, seja em um trocador – tudo precisa estar ao seu alcance para o seu conforto e o do seu filho. Reserve duas fraldas, compressas umedecidas mornas, algodão e óleo de amêndoas.

Posteriormente, será necessário distribuir esse material pela casa ou deixar no carro, conforme o bebê vai crescendo.

Mantenha o bebê coberto o máximo possível

Antes e durante a troca da fralda propriamente dita, é importante deixar o bebê relativamente coberto para evitar sustos. É que alguns bebês tendem a fazer xixi assim que são expostos ao ar livre.

Caso aconteça o “pior”, ou seja, o xixi saia exatamente na hora da troca, lá se vão fralda, roupa do bebê, toalha ou até mesmo a blusa da mamãe ou do papai.

Atenção à posição adequada

Pois bem. Primeiramente, mantenha o bebê em uma posição confortável, para ele e para você, de forma que você tenha total controle caso ele role ou vire para um dos lados. Levante as duas pernas dele com uma das mãos e coloque uma fralda limpa sob o traseiro com a outra mão.

Lembre-se que é preciso colocar o lado da imagem da nova fralda na frente e o outro lado – com as abas – por baixo do bebê. Enquanto você retira a fralda antiga, limpe o bumbum do bebê com o lado interno dela, dobre-a e deixe-a embaixo do bumbum do bebê.

Pegue um pano úmido e passe de cima para baixo até que todo o resto de cocô seja retirado. Em seguida, remova a fralda suja com as compressas umedecidas e coloque-as mais distantes para evitar que o bebê “pise” exatamente na fralda suja.

A nova fralda precisa estar centralizada entre as pernas, alcançando o mesmo nível nas costas e na frente (geralmente próximo ao umbigo). As abas devem estar uniformemente presas na frente para que não haja vazamentos. É importante não deixar que a franja da fralda ao redor das pernas fique para dentro.

Como limpar o bebê

A fralda do bebê precisa ser trocada sempre que estiver suja. Mas há uma frequência definida? É importante que os pais fiquem atentos a cada três ou quatro horas de intervalo da mamadas, especialmente se o bebê é recém-nascido (tem menos de três ou quatro meses).

Para limpar o bebê mais profundamente, é fundamental cuidar de sua região íntima. Uma dica é usar compressas molhadas com água morna, fazendo movimentos do genital para o ânus. No caso das meninas, o interior da vagina não deve ser tocado, já que a pele na área é muito fina. No caso dos meninos, o processo de limpeza deve ser iniciado pelo pênis e testículos, terminando no ânus. O prepúcio não deve ser puxado para trás, para que não haja fissuras.

A cada uso, a compressa deve ser jogada no lixo para evitar que restos de fezes se misturem a regiões já limpas. A região íntima pode ser seca com uma toalha ou fralda de pano.

À medida que o bebê vai crescendo, as mamadas durante a noite diminuem, assim como as mudanças de fralda. Estabeleça um horário para a última troca de fralda do dia – antes da meia-noite – para que o bebê entre em uma rotina de sono.