6 Dicas Para Engravidar Rápido

6 Dicas Para Engravidar Rápido
Ellen Cristie
Ellen Cristie30, Dezembro - 20205.7 minutos de leitura

Muitas pessoas não sabem, mas existem algumas maneiras para se engravidar rapidamente. Se você é uma dessas mulheres firmes, que sabem o que esperar da vida, provavelmente sua decisão já está tomada e não adianta ninguém interferir – você quer ser mãe rápido.

A chance de um casal completamente saudável tem de engravidar, mantendo relações sexuais no período fértil, é em torno de 20%. Pensando nisso, formulamos seis dicas para ajudá-la nesse processo de tentativas que, nem sempre, são tão simples assim. Acompanhe:

1. Descubra quando você vai ovular

As mulheres ovulam uma vez a cada ciclo menstrual. Se você souber quando vai ovular, terá mais chances de engravidar nesse ciclo. Para prever a ovulação, há três situações possíveis.

  • Caso o seu ciclo seja regular (diferença de mês a mês é sempre a mesma), tente uma calculadora de ovulação. Elas indicam qual é o seu dia mais fértil a cada mês.
  • Monitore os sintomas da ovulação, as mudanças na temperatura basal do corpo e do muco cervical.
  • Caso o seu ciclo seja irregular, converse com seu médico porque é mais difícil localizar o período da ovulação.

2. Faça sexo dois ou três dias antes da ovulação

Após saber o período de ovulação, faça sexo durante seu período mais fértil – dois a três dias antes da ovulação e até o dia em que você ovular.

Se você estiver um pouco em dúvida quanto ao dia exato de maior fertilidade, tente fazer sexo de dois em dois dias durante duas semanas do meio do seu ciclo. Assim, é maior a chance de ter espermatozoides saudáveis sempre que o corpo liberar um óvulo.

É importante que seu parceiro ejacule pelo menos uma vez nos dias antes de você estar mais fértil para garantir que haja bastante esperma saudável em seu sêmen.

3. Abandone hábitos pouco saudáveis (beber, fumar, usar drogas)

Deixe de lado o estilo de vida sedentário, o consumo de bebidas alcoólicas, o cigarro e alimentos gordurosos em excesso. Muitos desses hábitos são responsáveis por interferir direta ou indiretamente no potencial fértil da mulher, podendo prejudicar as tentativas de ter um filho.

O cigarro é, sem dúvida, o pior deles. Além de prejudicar a saúde da mulher, pode contribuir para o mau desenvolvimento do futuro bebê. Em decorrência das substâncias tóxicas presentes na composição, ele altera a função ovariana, causando um estresse oxidativo celular e prejudicando a motilidade das tubas uterinas.

Resultado: a incidência de gravidez ectópica (em que o embrião não se desenvolve dentro do útero) torna-se maior.

Bebidas alcoólicas também podem gerar um impacto muito negativo na fertilidade da mulher, afetando taxas hormonais, interferindo na regularidade do ciclo menstrual e retardando a ovulação. O consumo de álcool durante a gravidez aumenta o risco de episódios de parto prematuro ou abortamentos, além de malformações fetais.

A ingestão de café, chás e alguns refrigerantes à base de cola em excesso pode afetar a ovulação e provocar mudanças na produção de hormônios femininos.

4. Comece a tomar ácido fólico antes de começar a tentar

Tome pelo menos 400 mcg de ácido fólico por dia, cerca de um mês ou dois meses antes de começar a tentar engravidar. O ácido fólico é um nutriente conhecido por reduzir drasticamente o risco de certos defeitos congênitos, além de participar ativamente do desenvolvimento do tubo neural.